Saiba como lidar com a proliferação de formigas com o aumento das temperaturas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Além da aceleração do metabolismo, as formigas saem em busca de alimento para armazenar

Cada época do ano traz consigo a proliferação de pragas que combinam com as características daquele período. A incidência de formigas aumenta no verão, por conta da aceleração natural do metabolismo dos insetos. “Além disso, as formigas forrageiam em busca de alimentos para armazenar na chegada do inverno, por isso elas são vistas em residências e empresas por causa de trilhas que formam rumo ao alimento que desejam carregar”, destaca o presidente da Associação de Controladores de Pragas de Santa Catarina (ACPRAG/SC), Claudenir Machado.

Algumas receitas caseiras como, colocar água em volta da garrafa térmica ou uso de talco para desidratar o corpo do inseto, podem funcionar. “Evitar a exposição de restos de comidas e líquidos também é uma boa forma de prevenir as formigas, sempre conservando os ambientes limpos e secos”, aponta Machado.

O controle das pragas deve ser contínuo e realizado a cada três meses, com a contratação de empresas qualificadas e certificadas na área. “O procedimento nunca pode ser a aplicação de inseticida líquido ou spray, pois isso dispersa, divide e multiplica a colônia, o que causa o efeito inverso. O ideal é a utilização de iscas”, explica.

ACPRAG

A Associação de Controladores de Pragas de Santa Catarina (ACPRAG/SC) atua desde 2001 na representação dos interesses das empresas atuantes no setor em todo território estadual, com ações voltadas à profissionalização e desenvolvimento da atividade.

Cada época do ano traz consigo a proliferação de pragas que combinam com as características daquele período. A incidência de formigas aumenta no verão, por conta da aceleração natural do metabolismo dos insetos. “Além disso, as formigas forrageiam em busca de alimentos para armazenar na chegada do inverno, por isso elas são vistas em residências e empresas por causa de trilhas que formam rumo ao alimento que desejam carregar”, destaca o presidente da Associação de Controladores de Pragas de Santa Catarina (ACPRAG/SC), Claudenir Machado.

Algumas receitas caseiras como, colocar água em volta da garrafa térmica ou uso de talco para desidratar o corpo do inseto, podem funcionar. “Evitar a exposição de restos de comidas e líquidos também é uma boa forma de prevenir as formigas, sempre conservando os ambientes limpos e secos”, aponta Machado.

O controle das pragas deve ser contínuo e realizado a cada três meses, com a contratação de empresas qualificadas e certificadas na área. “O procedimento nunca pode ser a aplicação de inseticida líquido ou spray, pois isso dispersa, divide e multiplica a colônia, o que causa o efeito inverso. O ideal é a utilização de iscas”, explica.

ACPRAG

A Associação de Controladores de Pragas de Santa Catarina (ACPRAG/SC) atua desde 2001 na representação dos interesses das empresas atuantes no setor em todo território estadual, com ações voltadas à profissionalização e desenvolvimento da atividade.

Categorias

 

Recentes